Maria Radiante

O meu capsule wardrobe

Deixe um comentário

Quem me é mais próximo sabe que o meu armário está reduzido a 35 peças. Decidi embarcar nesta nova viagem por algumas razões inevitáveis.

Quem me é mais próximo sabe que tenho um ego gigante, mas que sou tamanho portátil e que na realidade  tenho 1,53m. Certo. E os quase 60kg  (vamos assumir que nunca cheguei aos 60kg, tal como assumimos que tenho 18 anos) não me ficavam mal, porque sou gira e tenho olho para o que visto, mas deixaram de estar lá e passar a ter menos quase 20% do peso inicial é dose para quem gosta de roupa. Posto isto, as centenas (não vamos dizer milhares) de euros que gastei em peças de roupa únicas (porque odeio sair de casa e passar por 40 pessoas a usar a mesma camisola que eu; sim tenho a mania, temos pena) foram pelo cano abaixo, porque nada me seve. Dei quase tudo. Guardei a roupa do frio e fiz a minha coleção em junho. Fiquei com as ditas 35 peças. Queria ver se funcionava comigo, se me adaptava, se ia conseguir não comprar roupa nenhuma durante o tempo que estipulei para o meu capsule wardrobe inicial de 4 meses.

Por essa blogosfera vão encontrar as mais variadas regras, nem todas funcionam para mim, por isso isto foi o que eu estipulei:

– não ia limitar o número de peças, mas tinha de ter saias, calções, calças, vestidos, tops, camisolas e camisas;

– roupa da farda, roupa de treino e roupa interior não contava;

– Só podia comprar peças de qualidade, mas a bom preço e só no primeiro mês;

– o que não tiver usado (exceção feita às roupas de festa que podem não ter tido a oportunidade) vai para dar.

Está quase a terminar o mês de setembro e já estou a pensar em como irei fazer o próximo capsule wardrobe, mas acho que vou reduzir para 3 meses – outubro, novembro e dezembro – e vou apostar em vestidos (são a coisa mais fácil de usar em qualquer situação), calças e partes de cima. Também vou aplicar o capsule wardrobe à roupa de treino e vou dar muita coisa. A roupa da farda continuará a estar fora das contas e a roupa interior também. Quero ver o que me falta e vou passar no outlet para completar. Há algumas peças que vão continuar para os próximos três meses. A ver se ganho coragem e se fotografo tudo para vos mostrar.

Foi das melhores coisas que fiz nos últimos tempos, ganhei anos de vida ao abrir o armário e não ver tudo a abarrotar sem caber mais absolutamente nada. Tenho aplicado a regra a mais algumas coisas, quer na casa, quer na vida. O que não preciso vai para dar se ainda estiver bom, ou para o lixo se já não prestar. Só assim consigo ter espaço para fazer tudo o que quero.

Quem mais quer fazer um capsule wardrobe?

 

Anúncios

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s