Maria Radiante

O outro lado

15 comentários

Aqui a Radiante tem um sentido de humor um bocadinho diferente do normal, e, como tal, o sarcasmo é capaz de ser das minhas coisas favoritas… isso e cuscar blogs onde se fala mal de outros blogs…

Aqui há uns tempos encontrei um blog brasileiro porque me constou que se descobriu a identidade da senhora que faz os posts do falatório. Claro que a mim isso me passou completamente ao lado porque desconheço a senhora e a maioria dos visados, mesmo assim, divirto-me com algumas das coisas que lá vão aparecendo. A senhora nem sempre acerta (às vezes deteta erros ortográficos e/ou de sintaxe onde não existem), mas isso não impede que eu continue a ver os milhentos posts antigos.

Eis que vi lá uma coisa que durante uns tempos me atormentou e que tenho a certeza que a amiga B. se deve lembrar.

Nos meus tempos de faculdade havia lá uma miúda que se vestia de uma maneira um bocadinho diferente (e por diferente, entenda-se, usava macacões de malha coladíssimos ao corpo e sim, era jeitosa a rapariga, mas ela ia para a faculdade… se seguiria direto para o emprego, ao menos podia levar uma malinha com a muda de roupa – sim, constava que trabalhava numa dessas casas em que todos estão a pensar neste momento) e tinha uma panca com unhas… eram absolutamente gigantescas! Uma vez vi-a tentar tomar café e era vê-la a pegar na chávena com as palmas das duas mãos, porque com os dedos não dava!

Mas acreditam que isso nem era o pior? Em pleno inverno e a rapariga usava sempre sandálias… querem saber o motivo? As unhas dos pés, certamente não cabiam em sapatos fechados porque, apesar de não serem tão grandes como as das mãos que faziam curva e tudo, eram enormes. Desculpem lá, mas cada uma faz da sua vida o que quiser, mas as unhas assim, quanto a mim, só parecem garras e dão ar de quem não teve tempo de as cortar… tipo, nos últimos dez anos ou mais…

A senhora do blog de que vos falo, colocou esta foto:

Não são umas unhas fabulosas? A mim, até me dão medo!!!

 

Anúncios

15 thoughts on “O outro lado

  1. queres ver eu a explicar num rápido? 😛 as unhas são assim simplesmente porque o pessoal faz de tudo para ter pé egípcio, em vez de grego 😛 (nunca, como agora, foi tão mau ter pé grego 😛 )

    Gostar

  2. alto e parou tudo.. aquilo são pés de homem ou de mulher??? se são pés de mulher… são peludos… se são pés de homem… valha-me deus 😛

    Gostar

  3. OMG! A primeira palavra que me veio à cabeça depois de ver esta imagem foi: MEDO!!! Não gosto nada de ver unhas compridas nos pés, então essas são um exagero tremendo!
    E já agora, fiquei tão curiosa com os tipos de pés, que também fui Googlar e infelizmente também pertenço ao clube dos Gregos, porra, que sorte a minha, nunca gostei de ter o segundo dedo maior , e às vezes o marido mete-se comigo por causa disso, mas agora já tenho desculpa, vou dizer-lhe que existem vários tipos de pés! Mas que gostava de ter uns pés de tipo egipcio, lá isso gostava, são bem mais bonitos!
    Beijinhos radiantes!

    Gostar

    • acho que se cortarmos um bocadinho do segundo dedo é capaz de não se notar… eu também as detesto grandes, tanto que quando fui à pedicure antes do casamento a menina disse-me “nem tenho espaço para fazer francesa…” e não tinha!

      Gostar

  4. Txiiiii….. do que te foste lembrar!!
    Essa miúda estudava filosofia, né? E as unhas não eram só que se destacava. Do cabelo, passando pela maquilhagem, tudo nela era bizarro.
    Mas bem… todos têm direito à sua individualidade, lol.

    Besos

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s