Maria Radiante

A minha vida dava um filme

2 comentários

Acabei agora o meu jantar italo-qualquer coisa que não sei se é asiatica ou brasileira.

Hoje foi dia de compras e o marido quis porque quis comprar um fruto vermelho que parecia uma flor chamado pitaia vermelha que era assim um bocadito para o caro (tipo, a 22€ o quilo!). Claro que trouxemos e decidimos fazer daquele fruto a sobremesa. Ora, a verdade é que os efeitos do fruto são estonteantes porque eu nem consegui ir buscar o meu computador e estou a escrever no do marido, porque o dele estava em cima da mesa e o meu está no “reino bué bué longe” do meu quarto.

A fruta é boa, parece empapada, mas depois que damos uma trinca, percebemos que afinal é sumarenta. Tem uma cor cinzenta cor de burro quando foge que parece que está doente, mas afinal até é agradável

Mas tenho de vos alertar para o facto de depois de a comerem não se conseguirem levantar e ficarem a ver tudo à roda que é como eu estou neste momento. Esperem lá, agora me lembro… eu disse que fiz refeição italiana, certo? Pois, então esqueçam, esta última parte deve ter sido do raviolão de espinafres e ovo com molho de vinho branco, natas, azeitonas e mostarda… deve ter sido o vinho que não evaporou… ou, se calhar foi mesmo do Lambrusco rosé made in Itália via Continente… pensando bem acho que foi mesmo do rosé que estava que bom que se fartava. Eu não gosto de vinho, mas este é docinho e fresquinho e quando damos por ela a garrafa já acabou… e somos só dois e nenhum de nós bebe alcool por hábito o que torna uma simples garrafita, numa bomba.

A minha colega bloger do casapontocome no outro dia fez massa fresca e eu hoje fiz raviolis frescos, o único problema é que cá em casa o Lambrusco escondeu-me a máquina fotográfica e como tal, não há fotografias… Mas a pitaia era boa.

Post Scriptum: se tiver erros, amanhã corrijo… quando vier arrumar a cozinha…

Post Scriptum 2: ninguém fica tonto com dois copitos de rosé.

Beijinhos e abraços radiantes!

Anúncios

2 thoughts on “A minha vida dava um filme

  1. Estes Lambruscos são tramados… Mas a fome às vezes faz a mesmíssima habilidade de esconder máquinas fotográficas! Há uns dias fiz uma pizza, trouxe a máquina para a cozinha, já para evitar esquecimentos. Quando me lembrei das fotos, a bela pizza já tinha desaparecido! 😛

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s