Maria Radiante

Partidas

6 comentários

Ora bem, aqui a Maria decidiu, há mais de onze anos, que tinha encontrado a pessoa que a fazia rir. Entretanto também decidiu casar com essa mesma pessoa que a fazia (e faz) rir. Mas tudo isto tem um pequenino senão: é que os meus vizinhos devem achar que cá em casa se abriu um hospício e nenhum de nós é médico…

O marido passa a vida a pregar partidas à Radiante, uma das primeiras, acabadinhos de chegar de lua de mel sem que ninguém sequer soubesse que já cá morava gente, toca de enfiar ketchup na cara, fazer um estrondo, atirar-se para o chão e gritar socorro, para todo o prédio ouvir… isto tendo em conta que uns meses antes ficámos fechados fora de casa e tivemos de chamar os bombeiros e a polícia, não deve ter dado boa imagem nossa… aliás, não tivesse eu menos 30 centímetros que o marido e aposto que seriam os vizinhos a chamar a polícia por pensarem que eu lhe batia ou algo do género. Verdade seja dita, no outro dia, estávamos a jantar e ele sentiu vizinhos a chegar no elevador, a reação imediata foi “Ai que a minha mulher bate-me!”. Mas isto pode? E se as pessoas acharem que é verdade? Eu sempre tive fama de ser tinhosa, de ser antipática e uma nojentinha de primeira, com o marido a fazer estas figuras a minha imagem não melhora de certeza. E depois ri-se. E eu tento, em vão, repreendê-lo fazendo a cara mais séria do mundo e não consigo e acabo por me rir das idiotices.

Mas isto já nem tem remédio,  para além das partidas que me prega a mim, também as tem de pregar aos outros e quando vamos a casa dos papás da Radiante, o senhor marido decide redecorar-lhes a casa. Desfaz os arranjos da minha mãe tirando-lhes os pássaros e as borboletas com a desculpa de estes terem emigrado para outros sítios, espalha-lhes a fruta pela casa e, desta última vez, antes de virmos embora pegou no jarrão da sala e levou-o para o elevador. Segundo ele, ia ficar bem na nossa entrada, era só tirar o pano e as flores lilás…

Todas as noites troca a minha almofada pela dele, mas não resiste a contar-me, só para me ver acender a luz e tentar decidir, afinal, qual delas é a minha, coisa que não é difícil porque eu sou civilizada e não durmo com a travesseira dobrada, logo, a minha é a que não está partida…

Quem decidiu ficar com a pessoa que me faz rir fui eu, não é?

Ainda bem 🙂 .

Anúncios

6 thoughts on “Partidas

  1. Posso avisar-te desde já que isso não passa com o tempo… 😛 o senhor meu pai escondia-se dentro dos armarios da roupa quando eu e a minha mae estavamos pra chegar a casa 😛 pouco normal diria eu,assim de repente 😛 , tanto é que a filha de uma amiga da minha mae,com 3 anos na altura,foi almoçar conosco,o meu pai estava escondido,como sempre, a criança ficou tao estupida com aquilo que disse à mãe e à avó… Que nao acreditaram na miuda… So acreditaram quando a minha mae confirmou 😛

    A ultima foi quando eu e a minha mae chegamos a casa um bocado mais tarde depois das compras,e demos com ele deitado no chão com um papel na cabeça a dizer:«Morri… De fome…»

    Gostar

    • Espero que o marido não venha cá ler para não tirar ideias!!! É só o que te digo!!! Mas, posto isto, cá em casa também há quem morra… de fome, mas de forma bem mais barulhenta, numa variante do “A minha mulher bate-me.”, também já soltou um “A minha mulher dá-me fome.” ou “Ai que eu não posso e vou morrer de fome.”, mas em versão alto e bom som para os vizinhos ouvirem…

      Gostar

  2. É bom saber que anda por aí muita gente como eu! Cá em casa quem tem o papel de palhacita sou eu. Ainda hoje na piscina do ginásio fiz o meu maridinho beber uns goles de água-de-piscina… e só porque ele ía a nadar e eu, ao lado dele na pista, ía a pé, em passos largos para o acompanhar. Quando se apercebeu ia-se afogando!

    Gostar

    • Ihihih. Essa foi muito boa também, mas é como já disse, só espero que o meu marido não se lembre de me aparecer por aqui para ver estas ideias todas, porque vai querer dar-lhes uso certamente!!! Na piscina, a mim, costuma-me aplicar golpes de wrestling que nem puto de seis anos no recreio da escola, vá que na água não magoa!!!

      Gostar

  3. deixa lá amiga 🙂 já viste se não era assim???era um chatice. era uma seca. assim tens sempre alguem te diverte 🙂

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s