Maria Radiante

Pergunta do tipo “A sério???”

9 comentários

Já referi que eu e o marido devemos ter vivido a infância em mundos paralelos completamente diferentes e, a propósito das fantasias de carnaval que vi na segunda-feira à noite, lembrei-me de uma pergunta recente que o marido me fez.

Passo a explicar: aqui há uns tempos eu decidi que queria ver os Smurfs porque me lembram da minha infância e comuniquei esta decisão ao marido que passou a infância a ver super-heróis. Pergunta do marido: “Queres ver os Smurfs é? E o que é que eles fazem?” Isto, porque os super-heróis têm super-poderes e coisas do género. A minha resposta imediata: “Nada. Cantam e são felizes.” Bem, não conseguem imaginar a desilusão que lhe dei porque, na cabeça dele, de imediato surgiu o pensamento “Vou ter que gramar um monte de bonecos que não fazem nada, só cantam e são felizes…”. Vida de marido não é nada fácil, digo-vos…

Mas pronto, no carnaval ficou tudo sanado porque havia muita gente mascarada de Smurf e muita gente mascarada de super-herói que é para nenhum dos dois ficar triste.

A propósito do carnaval (e porque a mamã da Maria hoje reclamou que o post do carnaval foi muito curtinho e queria mais pormenores), desculpem, mas, em honra da minha leitora que em tempos da sua infância foi obrigada a mascarar-se de embrulho, tenho mesmo de fazer este comentário. A minha leitora foi obrigada a mascarar-se de embrulho, não teve outra opção, preferia, certamente, o disfarce de princesa ou algo do género, mas houve lá em casa quem achasse giro ela ser uma bela prenda e pronto, certo? Mas quando já se é crescidinho e ninguém nos obriga a nada, qual é o propósito de enfiar uma caixa na cabeça e ir mascarado de televisão? Ou de Televisão Digital Terrestre? A sério, alguém me explica? É que ainda por cima, não vi um ou dois assim, vi uns vinte! E não, nem sequer estavam todos juntos por isso também não foi idiotice por simpatia…

Haja mais carnaval que é o que se quer!!!

 

Anúncios

9 thoughts on “Pergunta do tipo “A sério???”

  1. Opáááá 😀 lembrou-se de mim 😀

    Eu na altura já não queria ir de princesa (tinha ido no ano anterior, e irritou-me haver uma coleguinha que era a rainha 😛 num achei piada à coisa…), já nem me lembro de que raio queria ir (talvez odalisca, mas a minha mãe nunca deixou por causa do frio, e porque o pai não queria que a filha parecesse uma galdéria 😛 (palavras do pai 😛 ) ), eu já só não queria ir de prenda… Tipo… Façam-me tudo menos ir de prenda 😛

    (se bem que estou a considerar para o ano dar-me ao trabalho de fazer um “revival” dessa altura 😛 ou se calhar daqui a 2 anos, quando fizer 28 anos e for celebrar a data de “Os 20 anos da prenda” 😛 )

    Gostar

    • os 20 anos da prenda ia ser muito bom, não te aconselho é a saíres de casa assim 😉 , tipo, vestes-te, tiras fotos, partilhas aqui e depois mascaras-te de odalisca com uma camisolinha cor de pele por baixo para ires mesmo de odalisca e não de galdéria (ihihih)

      Gostar

  2. vestir de prenda deve ser um máximo :)…não deve dar é grande jeito para dançar. e venham mais Carnavais, mas se possivel que eu não tenha de trabalhar outra vez. sim, porque aqui a je teve de vir trabalhar que o chefinho não quis dar o dia para ajudar a economia do país, diz ele. 😦

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s