Maria Radiante

Ai se eu te pego

7 comentários

Dá para acreditar que aqui a Maria só ouviu o início da música no dia 22 de dezembro e que foi por acaso, porque estava numa loja onde estava a tocar esta pérola?

Pois é 100% verdade! Tenho recusado autorizar a entrada de poluição sonora nos meus ouvidinhos, mas nesse dia não pude evitar – estava a comprar sapatinhos, não dava para sair a meio – e lá ouvi a dita.

É de mim ou isto é mesmo muito mau e é capaz de fazer par com a senhora do pijama do outro dia?

Deve ser uma nova forma de fugir à crise… ouvindo músicas destas que dá para começar já a pensar em carnaval e samba e calor – no Brasil, claro, que aqui anda desaparecido em combate… – e entretanto já somos todos ricos outra vez!

Mas há quem goste mesmo desta música? A sério? Eu não estou a criticar ninguém, não me interpretem mal, mas eu acho que esta música é mesmo muito má… não?

A própria letra não faz sentido e faz-me lembrar logo outra música igualmente idiota e que é um hino à maconha, claro que falo do Morango do Nordeste… “ai é amor, ai ai ai é amor” e “ai se eu te pego, ai ai se eu te pego”, para mim é um paralelismo quase perfeito… piroso, mas perfeito…

Haja paciência para quem faz músicas destas.

 

Anúncios

7 thoughts on “Ai se eu te pego

  1. Por acaso é o meu “guilty pleasure” 😛 é pá, é pirosa e tudo mais, mas eu gosto 😛 fazer o que? 😛 também tenho direito à minha cafonice 😛

    Gostar

  2. podes crer maria, respeito muito quem gosta.. tem de haver gostos para tudo, mas lá pirosa é ela 🙂

    Gostar

  3. pois temos amiga 🙂

    Gostar

  4. O problema é que ela “pega” no ouvido mais forte do que “pêga” pega na sua carteira. Caramba, porque havíamos de nos lembrar de inventar os brasileiros. Terá sido por causa das mulatas? Ou foi por causa das índias? Ou terá sido apenas para nos emprestarem palavras novas, para expressar ideias incríveis e fascinantes como a pêga que pega na carteira pegajosa? Não sei… Mas que a música é bastante versátil é. Quase tão versátil como o ministro das finanças consegue ser com as suas contas. Senão vejamos: quando um português pensa na letra desta música não tem necessariamente de estar a pensar o mesmo que um brasileiro quando a canta. Aqui a música ganha sempre outro significado, mais profundo, talvez, porque mais distante.
    Eu por exemplo, embora seja mau exemplo, quando penso nessa música não consigo deixar de pensar quase imediatamente como que em sintonia perfeita no sr. coelho (não, não é o da Alice, embora este também tenha o costume de andar atrasado), e fico a matutar: “Aí se eu te pego. ai se eu te pego.”
    O mesmo acontece, por incrível que pareça, e vá-se lá imaginar a coincidência incongruente quando jogo no euro-milhões. Novamente: “Aí se eu te pego, ai se eu te pego, não.”
    É por estas e por outras que a música nada tendo a ver connosco, povo mais fadista do que sambista, fica no ouvido e estou em crer que os brasileiros sambistas inventam estas músicas bairristas de propósito para nos irritar. Já dizia um grande amigo meu brasileiro: “Samba no pé, é o que a mulata qué.”

    Gostar

    • também tenho desses pensamentos em relação aos senhores coelho e euromilhões se bem que não tenho nada a ver nem com um nem com outro: não votei no primeiro e não jogo no segundo 🙂 , mas que pegava qualquer um dos dois, pegava! quanto à irritação da música, nós também temos as nossas pérolas, se não “Chama o António”, ou “pisca-pisca”, ou “pego no burrito e lá vou eu”, ou a super hiper mega polémica daqui do meu blog (porque pelos vistos faz parte de todo um movimento artístico denominado homoestética, ou lá que é, que só porque existe todos temos de apreciar e como tal fartei-me de receber – e ainda recebo – comentários de ódio que apaguei, claro, o blog é meu) “Manda-me um pdf”. eu cá acho é que durante as ocupações vertemos algum suor azeiteiro que nos é inerente…

      Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s