Maria Radiante

Castanhas cozidas – versão assadas

6 comentários

Esta semana foi S. Martinho e é claro que cá em casa comemos castanhas – curiosamente não no dia de S. Martinho.

Primeiro fiz cozidas e ficaram bem. Ontem fiz assadas no forno e também ficaram bem.

Hoje, hoje foi uma aventura…

Decidi fazer castanhas cozidas. Arranjamos as castanhas, pusemo-las no tacho com água, sal e canela – claro!!! – e toca a deixar cozer. Fui lá a primeira vez e ainda não estavam prontas, fui da segunda e continuavam longe de estar prontas. Decidi deixar estar mais um pedação de tempo e quando lá fui achei que já estavam quase, que seria mais uns minutos. Olhei para o tacho e achei que tinha pouca água, perguntei ao marido o que achava e ele disse que era melhor não pôr mais água pois pararia de ferver e demoraria muito mais. Tinha toda a lógica, até porque esta semana pus água e depois aconteceu mesmo isso: parou de ferver e demorou muito mais. Não pus mais água.

Quando lá voltei, tinha castanhas cozidas que estavam a assar num tacho sem água nenhuma. Ah, já me esquecia, e torrado! O tacho está muito bom para ir para o lixo direitinho. É daqueles tachos antigos, de ferro, que aguentam uma vida. Comigo aguentou umas castanhitas cozidas e pronto, foi o fim dele. É que nem dá para imaginar como é que um tacho fica assim! Está absolutamente ridículo! Ainda vou enfiá-lo em água com detergente, ou se calhar tento ferver lá água para ver se o queimado é superfícial e se sai, mas confesso que as minhas esperanças não são muito elevadas… Coitadinho… Era onde eu fazia sopa! E agora, onde vou fazer a sopa? Sim, porque num ano e meio (quase) consegui fazer sopa três vezes! Deixar de ter a minha panela da sopa é mesmo preocupante!!! Sim, já sei, é porque não tenho filhos, porque se tivesse fazia sopa mais vezes. Mas tenham dó de mim, eu posso não ser mãe, mas sou filha e cresci a ler os livros da Mafalda, como tal, eu não gosto de sopa.

As castanhas? O que é que tem as castanhas? Ah, que lhes aconteceu? Foram comidas. Não estavam húmidas como a boa da castanha cozida deve estar, mas estavam sequinhas, como qualquer castanha assada que se digne desse nome. E maravilhosas. Mais houvesse, mais comíamos 🙂 . O pior foi mesmo o tacho…

castanhas

Anúncios

6 thoughts on “Castanhas cozidas – versão assadas

  1. Ficaram boas de comer, é o mais importante porque o tacho, pode ser recuperado e lavado.Beijos.

    Gostar

  2. deixa lá amiga 🙂 tachos há muitos hihih

    Gostar

  3. Parti-me a rir !
    Realmente ficou lindo o tacho, como já sabes, quando o meu marido cozinha, as minhas panelas também ficam assim “bronzeadas”, vejo-me lixada para as lavar, mas tu conseguiste!
    E “papa” sopinha, que faz muito bem!
    Beijinhos!

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s