Maria Radiante

Halloween

9 comentários

E hoje é dia das bruxas. Já sei que não há grande tradição de festejos de halloween no nosso cantinho, mas já começa a ser mais habitual vermos miúdos mascarados a pedir doces – ontem apanhei um papel na caixa do correio a pedir desculpa com antecedência porque um grupo de putos vai andar por aqui pela zona a cravar doces ou a oferecer travessuras se não houver docinhos – e, é claro, português que é português está sempre pronto para a festa.

Mas quando penso em halloween, penso noutras coisas também, e como ando nas sequelas dos anos 90, tenho mesmo de referir o filme mítico que marcou a minha adolescência e a de muitos outros. Quem sabe do que estou a falar? Halloween, filme de culto, o ator morreu durante as filmagens, o pai desse ator também morreu durante as filmagens de um filme… Já sabem, claro, mas, uma vez mais, em nome de quem não foi adolescente nos anos 90, eu revelo o título: The Crow (O Corvo). E por muito idiota que isto pareça, eu continuo a gostar do filme – do primeiro, do original, do verdadeiro, porque os restantes são a verdadeira anedota e só sairam para ganharem dinheiro e encher chouriços porque não trouxeram nada de inovador.

O facto de o Brandon Lee ter morrido a fazer o filme ainda ajudou mais à mística da própria personagem e porque o senhor era giríssimo, todas as miúdas de treze anos ficavam na esperança de que ele voltasse à vida como o Eric – como é que eu não me lembro do que fiz ontem, mas ainda me lembro dos nomes das personagens como se tivesse acabado de ver o filme?

E sabem que em miúda, eu gostava tanto do filme que dizia que também me queria casar na noite de 31 de outubro? Verídico!!! Claro que entretanto apercebi-me de que casar no verão e com bom tempo, se calhar era um pouquinho mais agradável.

Acho que amanhã vou arranjar um tempinho para ver o filme. Tenho dois dvds cá em casa, um meu e o outro do marido e nenhum de nós se desfaz de nenhum deles :). Decididamente, é um filme que fez parte das nossas vidas e que por muitos bons filmes que saiam no entretanto, este estará sempre na lista, quanto mais não seja pelo seu significado. Em última análise, The Crow é uma história de amor e quem é que não gosta de uma bela história de amor?

Post Scriptum: ouvi a banda sonora do filme tanta vez que o cd está todo riscado!

The Crow

Anúncios

9 thoughts on “Halloween

  1. 1º qualquer sequela de QUALQUER FILME serve para ganharem dinheiro e encher chouriços.
    2º ele é um óptimo exemplo para actores não prescindirem de duplos e para realizadores não permitirem armas reais durante as filmagens
    3º não dês doces às crianças, dá-lhes um plano de nutrição
    4º para ti é filme da adolescencia para mim é de infância looool tinha que levar c ele

    Gostar

  2. minha querida eu sei que tu e o teu marido gostaram tanto do filme que houve um carnaval que o teu marido vestiu se de corvo ate se veio maquihar ca a casa quantos aos docinhos para os putos da com moderaçao que os putos de hoje sao obesos e vive a noite das bruxas prega partidas ao teu marido a e nao me acordes porque vou trabalhar amanha e amanha ja tenho meio seculo ihihih bjs querida amo te todos os dias mama

    Gostar

  3. Lembro-me desta tua paranóia, lembro lembro…
    Quanto aos doces, concordo com a tua irmã… dá-lhes maçãs!!! Deixa os doces para o marido em dia de jantar apenas sopa 😀

    Gostar

  4. podias caramelizar essas mil maçãs e davas uma a cada puto. original, hein? 😉

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s