Maria Radiante

Já não visto a música que ouço

5 comentários

E a prova disso é que hoje foi dia de concerto dos More Than a Thousand e as meias calças pretas rasgadas já não me dizem nada – nem nunca disseram -, os cintos de balas também já não me chamam a atenção – nem nunca chamaram -, as All Stars já há muitos anos que foram trocadas pelos saltos altos – sim eu vou a concertos de salto alto – e os cabelos cor de rosa também já tiveram os seus dias e ficaram apenas como memórias de um tempo muito antepassado…

Nos meus tempos de adolescência as minhas Dr. Martens verdadeiras usadas até no verão e durante uns valentes seis anos – custaram 26 contos (130€ para quem nunca fez contas em escudos) por isso tive de as usar até não poder mais para fazer valer tudo o que dei por elas – nunca enganaram ninguém e a léguas se poderia descobrir as músicas que eu ouvia na época – não sou da geração que aguardou pela saída do Nevermind pois tinha 9 anos na altura e eu só conheci Nirvana com 11 anos, muito pouco antes do Kurt Cobain morrer e não, não chorei nem sei onde estava nesse dia porque era um gosto muito recente na altura, viria a pertencer a essa geração ainda nesse ano, mas sei quem me deu a notícia da sua morte, foi a Daniela Duro – a minha melhor amiga na primária – e eu disse-lhe “A sério? Que chunga.”. Tenho a certeza que se lhe tivesse sido dada a oportunidade, ela teria gostado de More Than a Thousand também…

Hoje em dia, quem olha para os saltos altos não imagina o que eu ouço, quem vê os blazers não sabe sequer se gosto de ouvir música e quem me vê de calças de ganga que – pelo menos eu tento – me favoreçam não sonha que algum dia eu possa ter usado outro tipo de roupa.

Acho que a isso chama-se crescer, entrar no mercado de trabalho e saber que não podemos passar pela vida sem alterarmos nada em nós. Dos velhos tempos de miúda de calções curtos com uma bela de uma t-shirt gigantesca por cima e camisa do pai aos quadrados e mangas arregaçadas – nunca com meias calças rotas, aliás, para isso é que servia o par suplente na carteira e a amiga Dora a confirmar se havia foguetes – ficam as músicas que mudaram toda uma geração. Sim, a chamada geração rasca – que ultimamente mudou o nome para geração à rasca – no seu esplendor, um mudo dividido entre grungers e metaleiros e os betos e pastilhentos. Foram bons tempos que serviram para criar quem eu sou hoje, e sim, continuo a ir aos concertos. Vou de saltos, é certo, até porque o meu metro e cinquenta e três não me permite outras andanças, mas vou.

E não, já não ouço Nirvana, já deu o que tinha a dar, foram anos de mais a ouvir tudo o que havia deles – tirando o MTV Umplugged que para mim nunca foi Nirvana e a Come as you are que mete nojo – e, se der no rádio, até canto porque ainda sei de cor, mas tirando isso, não ponho os cds a tocar, nem o Incesticide – que era o meu favorito.

Mas não, eu já não visto mesmo a música que ouço. De maneira nenhuma. Como diria o Eddie Vedder “It’s evolution, baby!”.

E porque o concerto hoje foi dos MTAT fica a foto deles – quem me conhece, saberá porque digo que não visto a música que ouço, para quem não me conhece fica a dica: “Estão a ver a ponte D. Luís? Sim? Ótimo, não tem nada a ver 😉 ” -, quando for a casa dos pais, fotografo as Dr. Martens que ainda existem – há 17 anos – e acrescento aqui, acho que as minhas botas velhinhas também merecem figurar no Maria Radiante – mamã querida, é bom que não as tenhas deitado fora!

Anúncios

5 thoughts on “Já não visto a música que ouço

  1. ahahahha, bem me recordo de ti nessa altura… true amiga!!! beijos.

    Gostar

  2. 1. como te atreves a ir de saltos pa um concerto?
    2. nao, ele nao iria gostar de more than a thousand, se tivesse a oportunidade de ouvir ia acabar na mesma: suicidio
    3. ontem tb usei uma camisa do papá, mas nada agress como tu usavas loool
    4. http://www.gemasbrasil.com/adm/editor/up/104756/8761.jpg

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s