Maria Radiante

Felicidade?

4 comentários

Eu sou uma rapariga feliz. Sou feliz porque tenho o meu marido. Sou feliz porque tenho a minha família. Sou feliz porque tenho a minha casa. Sou feliz porque tenho amigos. Sou feliz porque tenho um “maria radiante” que me leva do ponto A ao ponto B sem me chatear muito a não ser pela gasolina que bebe. Sou feliz porque trabalho na área que gosto. Mas mesmo antes de ter estas coisas todas, era uma rapariga feliz na mesma. Há alturas em que estou mais bem disposta do que noutras, e há dias em que estou mesmo é de mau humor, mas mesmo nessas alturas, sou feliz. E acho que toda a gente devia fazer a mesma afirmação. Porque por muito mal que estejamos, foi-nos dada a oportunidade de acordar mais um dia e poder vivê-lo. E com cada dia nasce uma oportunidade de sermos felizes. Mesmo que o dia não corra como queremos, se conseguirmos ver o pôr-do-sol significa que vivemos o dia, que o experiênciámos e que algo nos ficará do que passámos nesse mesmo dia. Mas acho que há muita gente que não vê a vida desta maneira. Tenho pena, pois essas pessoas acabam por ver o nascer do sol como se isso fosse o nascer de uma nova tortura. Ou porque estão num emprego que não satisfaz, ou porque não têm uma família de sonho ou porque as relações que têm não são as idealizadas, ou porque lhes falta a saúde, ou, o pior de tudo, porque é tudo isto ao mesmo tempo. É aqui que eu pergunto, mas não será uma questão de perspectiva? Às vezes, quando à nossa volta, achamos que tudo está errado, se calhar era hora de olharmos para nós próprios e pensar se o que está mal na nossa vida não seremos nós. É que às vezes somos nós que influênciamos os resultados que nos rodeiam.

À minha volta vai correndo a vida conforme dá, umas vezes
melhor, outras pior. Mesmo assim, eu sou feliz.

Anúncios

4 thoughts on “Felicidade?

  1. E viva a felicidade…este estado que mesmo por vezes, como referes, alterado por diversas e paradoxais circunstâncias, conseguimos recuperar e ter a sorte de poder viver. Viver…é algo efémero…normalmente só nos ocorre isto quando nos deparamos com a morte de alguém querido. Mas viver e valorizar viver…ah…isso sim! Eu adoro viver…mesmo nos dias em que chove, mesmo nos dias em que saímos de casa e nada parece correr bem…nesses dias todos, trago ocoração bem cheio de memórias e de tudo o que é bom e que tenho! Viver…é tão bom! Sou feliz!!!

    Gostar

    • e não é o melhor sentimento do mundo? eu acho que sim. acordar de manhã e ter mais uma oportunidade de fazer com que o dia corra pelo melhor. e se não correr como queremos, é aprender e continuar. se isso não é ser feliz, então eu não sei nada.

      Gostar

  2. concordo plenamente ctg…ser feliz nao tem de ser igual para todos. às vezes basta sabermos apreciar o que nos rodeia e tentar ver sempre os aspectos positivos das coisas e ir aprendendo dia a dia.
    eu sou muito feliz…tenho um filho, um marido, amigos e uma familia maravilhosos, gosto do que faço e isso é tao importante. sou feliz à minha maneira e se isto nao é felicidade, entao o que é???? 🙂

    Gostar

Sejam radiantes! Façam um comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s